Tag Archives: TuxGuitar

Estudando e fazendo música no Ubuntu (parte 1)!

Após ler o post Tux Guitar sem som Ubuntu 10.10 resolvi instalar o TuxGuitar e voltar a tocar! Mas quando fui plugar meu baixo no computador para acompanhar as músicas, percebi que não seria tão trivial como parecia! Pesquisando um pouco na Internet encontrei algumas alternativas para isso. E como forma de facilitar compartilho neste post uma alternativa simples para fazê-lo.

Com o intuito de mostrar alternativas aos software proprietários para estudar e fazer música no computador, este é o primeiro post da série Estudando e fazendo música no Ubuntu, onde será mostrado como instalar e configurar os softwares JACK Control, Qsynth e TuxGuitar para estudar música utilizando somente o computador e uma guitarra ou contra baixo!

Capturando o áudio

Para capturar o áudio vindo do microfone ou line-in basta instalar o JACK, que funciona como um roteador de áudio e midi, que faz o link de uma fonte de áudio com uma ou mais saídas, e vice e versa. Como não queremos ter que configurar tudo a moda antiga, via console, é bem sensato instalar uma interface gráfica. A interface JACK Control, baseada no QT 4.2, é a mais utilizada e conhecida para isso.

Para quem tem preferência pelo GTK,  no GTK-APPS.ORG existem algumas alternativas, como o JACK NetSource GUI e o JACK Network Manager, porém estas são opções mais exóticas, onde é possível rotear fontes de áudio em uma rede de computadores.

É muito simples instalar o JACK, já com o JACK Control no Ubuntu. Basta abrir o Ubuntu Software Center e procurar por JACK, e instalar o JACK Control. Com isso já podemos “plugar” a guitarra ou baixo na entrada de microfone e “rotear” o som do capture_1 para o playback_1 e playback_2 para o som do instrumento, que é mono, sair nos dos dois lados do fone.

O problema agora é regular a altura do som para não saturá-lo e sair com overdrive horrível. Para facilitar isso, pelo menos visualmente, existe o plugin JACK Meterbridge, que não é nada mais que uma janela com opções de medidores analógicos ou de onda da entrada de áudio. A sua instalação é semelhante ao JACK Control, basta procurar por Meterbridge no Ubuntu Software Center e instalá-lo.

O funcionamento do JACK Meterbridge é bem simples. Ele cria dois clientes no JACK, um para entrada e outro para saída de áudio. Porém para facilitar, basta iniciá-lo após rotear a entrada de áudio para as saídas. Desta forma o JACK Meterbridge já faz a ponte no seu roteamento automaticamente, como mostrado no screenshot abaixo, a fonte de som capture_1 fica ligada às pontes meter_1 e meter_2, e as pontes monitor_1 e monitor_2 são ligadas às saidas playback_1 e playback_2.

JACK Control + Qsynth

JACK Control + Qsynth

Tocando junto com o TuxGuitar

Para aprender as músicas utilizando o TuxGuitar, a dica do Vivas para fazer o som do TuxGuitar funcionar no Ubuntu é muito boa. Porém para fazê-lo funcionar simultaneamente com o Jack, não da certo, pois o Jack não consegue capturar a fonte de audio do Java, ou pelo menos não consegui fazê-lo.

Para o TuxGuitar funcionar é preciso instalar o FluidSynth, que é um com sintentizador de áudio em tempo real. E para facilitar o controle dele uma interface bem conhecida e utilizada, e também baseata em QT 4.2, é a Qsynth. A instalação do FluidSynth com o Qsynth segue o mesmo padrão no Ubuntu. Basta procurar por Qsynth no Ubuntu Software Center, selecionar o Add-On Fluid (R3) General Midi SoundFont (GM), que é o banco de sons para MIDI, e clicar em instalar.

O único detalhe a ser observado é que, para o Qsynth possa funcionar corretamente é preciso que o JACK esteja rodando. Desta forma, ao ligar o Qsyth, ele já é roteado automaticamente no JACK através das entradas qsynth leftrigth, como podemmos vemos no screenshot acima.

Agora para o TuxGuitar usar o sintetizador FuidSynth como gerador de sons das suas partituras, devemos instalar o plugin tuxguitar-fluidsynth. Da mesma forma que os outros softwares, basta procurar por ele no Ubuntu Software Center e instalar.

Instalado o plugin e rodando os softwares necessários, Qsynth e JACK Control, devemos configura as preferências de áudio do TuxGuitar selecionando como porta MIDI, a opção Synth Input port (Qsynth1:0), como mostrado no screenshot abaixo.

TuxGuitar Sound Preferences

TuxGuitar Sound Preferences

Agora sim, com toda parafernália de áudio instalada e rodando, podemos tocar simultaneamente com o TuxGuitar no computador, utilizando a entrada de microfone.

TuxGuitar

TuxGuitar

Parece complicado estudar e fazer música no Linux, mas não é tanto assim. Foi mostrado neste post que precisamos de um software para capturar o áudio do seu instrumento e das outras fontes de áudio (JACK Control), um software para sintetizar MIDI (Qsynth) e o TuxGuitar para tocar as partituras/tablaturas. No próximo post da série Estudando e fazendo música no Ubuntu será mostrado como gravar sua guitarra ou contra baixo com efeitos no Ubuntu.

Share Button