Tag Archives: Java

Artigos Java Magazine

Depois de um longo tempo sem postar nada aqui, resolvi voltar a escrever algumas coisas no blog. Neste tempo que o blog ficou parado, mudei a hospedagem, pois não fazia sentido algum pagar anuidade por um serviço que estava praticamente sem utilização. Agora estou utilizando o Hostinger, que esta me atendendo tranquilamente no plano gratuito.

Durante este tempo estive envolvido em alguns projetos que não vingaram, estou tentando aprender Ruby On Rails e também escrevi alguns artigos para a Java Magazine, além de trabalhar em um emprego fixo, ou seja, estive bem ocupado.

Foram 4 artigos sobre Java EE escritos em 2 anos. Pelo tanto de coisas que eu arrumo para fazer, esta de bom tamanho. 🙂 Estes são os links dos artigos (Obs.: me desculpem, mas para ter acesso completo aos textos é preciso comprar ou ser assinante da revista):

Como estive estudando Ruby On Rails, talvez comece a escrever alguma coisa sobre isso, até mesmo para me forçar a estudar sobre o assunto. 🙂

That’s all folks!

Share Button

Ubuntu, Java e Variáveis de Ambiente

Para rodar o Tomcat ou outros aplicativos que dependam da variável de ambiente JAVA_HOME no Ubuntu é preciso suar a camisa um pouco para setar estas variáveis.

As variáveis de ambiente podem ser setadas em vários lugares, como nos arquivos /etc/profile, /etc/bash.bashrc, ~/.bashrc ou em um arquivo do tipo sh, bash, ksh, ash, … no diretório /etc/profile.d/. Lugar que acho mais apropriado, padronizado e que esta ai para isso. 🙂

Então. Precisei da bendita variável JAVA_HOME. Pensei, no Slackware eu tinha os arquivos /etc/profile.d/[java|jvm|jre].[sh|csh] que setavam a variável de ambiente. Então porque não criar um /etc/profile.d/java.sh para fazer isso aqui no Ubunto?

O conteúdo do arquivo ficou o seguinte:

#!/bin/sh
export JAVA_HOME=”/usr/lib/jvm/java-6-sun”
export JRE_HOME=”/usr/lib/jvm/java-6-sun/jre”
export CLASSPATH=”$CLASSPATH:.:$JAVA_HOME/lib:$JRE_HOME/lib”

Depois é só setar para o arquivo para executável:

$sudo chmod 775 /etc/profile.d/java/sh

Outra coisa que precisei fazer foi setar o arquivo /etc/profile para executável:

$sudo chmod 755 /etc/profile

Agora eu tenho as variáveis de ambiente JAVA_HOME, JRE_HOME e CLASSPATH. O mesmo pode ser feito para outros programas que utilizem variáveis de ambiente. 😉

Share Button