Monthly Archives: December 2009

Metodologias ágeis para economizar uns trocados

Lendo o artigo “James Shore: O Declínio e a Queda do Agile” no InfoQ, me veio a mente um fato que se passou, ou está passando, em uma empresa de software brasileira.

A empresa resolveu, depois de algum tempo utilizando metodologias tradicionais de desenvolvimento de software, adotar a metodologia ágil, especificamente o tão difundido SCRUM.
Todos adoraram a idéia no início. Porém, depois de um tempo, notaram que a mudança foi boa somente para a empresa. O que aconteceu de errado?

A mudança para a tão esperada metodologia ágil veio, neste caso, para “inglês ver” e para cortar custos nos projetos. Os atuais e futuros clientes ficariam satisfeitos em ver seu fornecedor de projetos de software utilizando metodologias modernas, que estão “bombando” no mercado. Além disso, vários cargos e subdivisões foram extintas, acabando com o “plano de carreira” dos funcionários e aumentando a diferença salarial entre funcionários de um mesmo cargo. O que feito desta forma, gera muita concorrência interna e conflitos desnecessários.

Outro fator que não agradou muita gente foi o fato dos desenvolvedores ficarem agora diretamente ligados aos clientes, seja através de reuniões, e-mail, instant messengers ou telefone. Nem todo desenvolvedor e muito menos os clientes estão prontos para este contato direto. Mesmo utilizando metodologia ágil um filtro mínimo entre os desenvolvedores e os cliente é necessário para melhorar a produtividade da equipe.

O que mais tenho medo nisso tudo é um dos fatos que o James Shore aponta em seu artigo.

Então, infelizmente, muitos auto-intitulados projetos Ágeis fracassarão. Eles estão fracassando neste momento. E eventualmente Agile recebá a culpa, e ela passará, como todas as novidades eventualmente passam.

O artigo completo pode ser lido aqui.

Share Button